SENGE PRESSIONA E PROJETO DE DESVALORIZAÇÃO DOS CARGOS TÉCNICOS EM SANTA MARIA É RETIRADO DE PAUTA NA CÂMARA

05/05/2017 às 00h00

Resultado de forte mobilização do Sindicato dos Engenheiros e dos colegas da prefeitura de Santa Maria, foi retirada da pauta de votações da Câmara de Vereadores o projeto de lei do Executivo municipal que cria 28 cargos em comissão e funções gratificadas para livre nomeação em cargos de responsabilidade técnica.

O presidente do SENGE, Alexandre Wollmann, acompanhado de cerca de 20 colegas do quadro técnico da prefeitura, estiveram presentes na sessão plenária desta quinta-feira (4), ocasião em que os vereadores discutiram o projeto apesentado pelo prefeito de Santa Maria, Jorge Pozzobom.

Na oportunidade o dirigente do Sindicato articulou junto aos vereadores, demonstrando a necessidade de revisão da proposta do Executivo, que desconsidera os 22 cargos sem ocupação no quadro técnico que poderiam ser exercidos por profissionais habilitados e concursados. Além da desvalorização do quadro técnico, a iniciativa atenta contra a qualidade dos serviços e obras públicas, além de trazer riscos à segurança da população, uma vez que permitirá a contratação de leigos para cargos de assessoramento técnico.


Presidente do SENGE e colegas da prefeitura em conversa com o vereador Valdir de Oliveira


Em manifestação na tribuna, o vereador Manoel Badke, líder do governo municipal na Câmara, reconheceu a posição do SENGE e necessidade de discussão sobre o teor do projeto. Comprometeu-se ainda em levar o assunto ao governo, à procuradoria geral do município e assessoria técnica, além das comissões de constituição e justiça e orçamento e finanças, devendo retornar à pauta da Câmara na terça-feira (9).

Assista abaixo à manifestação do vereador: 

 

Leia Também