Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.

SINDICATOS MANIFESTAM REPÚDIO ÀS DEMISSÕES NA CEEE EM REUNIÃO NO TRT

29/01/2016 às 00h00

Nesta quinta-feira (28) foi realizada a reunião de mediação entre os sindicatos e a CEEE para tratar das demissões que a empresa pretende efetuar. A ação atende requerimento das entidades representantes dos funcionários da Companhia, que no dia 15 de janeiro solicitaram ao desembargador João Pedro Silvestrin a mediação do Tribunal.

Os advogados dos sindicatos apresentaram ao desembargador Silvestrin, ao diretor administrativo da CEEE, Leonardo Hoff, e ao diretor financeiro, Roberto Calazans, as considerações referentes às melhorias necessárias ao plano de desligamento incentivado (PDI), salientando a “conotação inédita, drástica e agressiva da proposta de demissão em massa” que resultará em desestruturação da CEEE, impactando diretamente os indicadores da empresa e à qualidade do serviço.

Os diretores da Companhia alegaram que a empresa estaria disposta a negociar apenas o número de demissões, mas sem alterar a proposta de PDI existente sob a justificativa de que os funcionários que já aderiram ao plano poderiam tentar buscar judicialmente as diferenças, ampliando assim o passivo trabalhista. Com a mediação do desembargador Silvestrin, os representantes dos sindicatos insistiram na necessária melhoria do PDI e entregaram uma proposta aos diretores da Companhia, que se comprometeram em analisar o documento e construir junto com os sindicatos uma forma de viabilizar as modificações, com segurança jurídica e de forma compatível com as possibilidades da empresa.



Tendo em vista a impossibilidade das partes chegarem a um acordo de imediato, o desembargador Silvestrin encerrou a reunião, agendando a sua continuidade para o dia 4 de fevereiro, às 16h, com a presença do presidente do Grupo CEEE, Paulo de Tarso Machado.

Leia Também