Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.

DESAFIOS E PERSPECTIVAS DA REFORMA TRABALHISTA SÃO TEMA DO CICLO DE PALESTRAS SENGE-RS

10/05/2022 às 18h30

Assista a íntegra do evento, que contou com a participação de personalidades importantes no movimento sindical e jurídico.

 

Nesta terça-feira (10) foi realizada mais uma edição do Ciclo de Palestras SENGE-RS, trazendo ao debate o tema “Reforma Trabalhista – Desafios e perspectivas no mundo do trabalho”.  Diretores e sócios do Sindicato, e profissionais de diversas áreas compareceram ao auditório da entidade para acompanhar o evento, que também contou com transmissão pela TV SENGE.

O presidente do SENGE-RS, Cezar Henrique Ferreira, abriu o evento destacando a importância de uma avaliação a respeito da Reforma Trabalhista considerando a constante evolução tecnológica que impacta diretamente as relações de trabalho, bem como o envelhecimento geral e as mudanças no padrão de vida da população, entre outras questões que marcam o atual cenário social. O dirigente do Sindicato também destacou que esse é um tema que vem sendo acompanhado desde a sua tramitação no Congresso, motivando diversas iniciativas e eventos que buscam alertar para as consequências e desafios que a Reforma trouxe ao mercado de trabalho.

Participaram do debate os palestrantes Antonio Queiroz (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar/DF), João Guilherme Vargas Netto (Federação Nacional dos Engenheiros) e do juiz Tiago Mallmann Sulzbach (Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho). A mediação foi realizada pelo vice-presidente do SENGE, José Luiz Azambuja.

Próximo de completar cinco anos (Lei 13.467), a Reforma Trabalhista não trouxe resultados concretos no aumento do nível de emprego no País. Em vez disso, precarizou as condições de trabalho para milhões de brasileiros em um período crítico de estagnação econômica e de pandemia, além de impactar a viabilidade financeira da maioria das entidades sindicais.

O debate se torna ainda mais importante neste ano de 2022, com a realização das eleições majoritárias e proporcionais de outubro. Assim, o Sindicato dos Engenheiros traz mais uma vez luz ao debate sobre os efeitos desta Reforma, seus desafios e perspectivas no mundo do trabalho.

Assista a íntegra do evento:

 

 

 

Leia Também