Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.

SENGE APRESENTA BALANÇO DOS 100 PRIMEIROS DIAS DE GESTÃO

16/04/2021 às 15h00

Reunião virtual com a participação de quase todos os 76 diretores da Gestão 2020-2023 apresentou os principais planos, posicionamentos, indicadores e desafios para os próximos três anos.

 

O Sindicato dos Engenheiros realizou nesta quinta-feira (15) uma importante reunião virtual convocada para a apresentação aos 76 membros da diretoria o balanço dos primeiros 100 dias da Gestão 2020-2023, incluindo saudação e apresentação dos colegas que pela primeira vez integram a diretoria, bem como eixos do planejamento estratégico, indicadores, entre outras pautas.

Coube ao presidente Cezar Ferreira inicialmente saudar a todos, destacando o cenário no qual o Sindicato está inserido, marcado por dificuldades impostas desde a Reforma Trabalhista, a marcha das privatizações, o estigma ao servidor público e, claro, a própria pandemia e as consequências de uma crise econômica já instalada antes mesmo da crise sanitária, agora ainda mais agravada.

Diante do rápido avanço tecnológico e das mudanças nas relações de trabalho, Cezar Henrique salientou que o Sindicato precisa mais uma vez se reinventar para seguir crescendo tanto no número de sócios, quanto em representatividade, com sustentabilidade econômico/financeira.

Destacou da mesma forma o perfil da nova gestão por ele liderada que aponta para a continuidade de um posicionamento estratégico e de uma atuação voltada à ampliação das funções e dos significados para o SENGE-RS, postura assumida pela entidade desde a primeira das duas gestões do presidente José Luiz Azambuja e continuadas nos dois mandatos do presidente Alexandre Wollmann.

A defesa intransigente da categoria e o vigor na representação dos colegas nas negociações de acordos e convenções coletivas cada vez mais difíceis, são compromissos inarredáveis e, portanto, merecedores de atenção e dedicação total de todos os 76 membros da diretoria, com a participação de cada associado ou representado.

Da mesma forma, Cezar destacou a necessidade e a determinação do SENGE em investir ainda mais na criação de alternativas de benefícios e serviços aos associados, trabalho sempre balizado por pesquisas e pelo planejamento estratégico estruturado há bastante tempo e revisado periodicamente.

Ao concluir, o presidente garantiu que o SENGE continuará seguindo em frente, atuante e consolidado pelo apoio e a participação de todos.

Na sequência da reunião, o vice-presidente Azambuja fez uma apresentação dos integrantes da gestão e das diversas instâncias que compõe a estrutura de atuação do Sindicato, em atenção ao número recorde de colegas (24/76) que participam da diretoria pela primeira vez, caracterizando uma renovação de 32%. Azambuja destacou a presença feminina em praticamente todas as instâncias (18/76), que alcança também pela primeira vez num número tão expressivo, mas que precisa ser ainda ampliado.

A reunião prosseguiu com a apresentação feita pelo consultor Sandro Camargo, coordenador dos trabalhos do Planejamento Estratégico do Sindicato, na qual foram apresentados o Mapa de Negócio da entidade, Visão/Missão e Valores, Mapa e Objetivos Estratégicos entre outros aspectos.

O presidente Cezar Henrique deu sequência à apresentação, evidenciando os principais indicadores de desempenho de diversas áreas do Sindicato, como a composição e o crescimento contínuo do quadro social, RH, Atendimento ao Associado, Qualificação Profissional, Negociações Coletivas e Comunicação.

Por fim, destacou os eixos prioritários já em execução e que conduzirão a atuação da nova gestão, a saber:

1) Planejamento Estratégico específico para a área de Qualificação Profissional;

2) Criação de uma Política de Investimentos para potencializar os recursos e as reservas financeiras da entidade;

3) Lançamento do Programa de suporte ao Engenheiro Empreendedor;

4) Fortalecimento de todos as instâncias e órgãos de governança como a Diretoria Ampliada, Conselho Técnico Consultivo, Conselho Fiscal e as diretorias regionais

5) Fortalecimento da estrutura e ampliação do alcance da área de Negociações Coletivas;

6) Inserção do Sindicato como protagonismo das discussões e formulações de temas relacionados à Engenharia e às coletividades, entre eles a resistência às privatizações, soluções para Porto Alegre como o Sistema de Proteção Contra Cheias, Plano Diretor, entre outros;

A última parte da reunião abriu a palavra para manifestações de todos, com diversos pronunciamentos de apoio, questionamentos e encaminhamento de sugestões envolvendo interiorização, comunicação interna, planejamento estratégico, periodicidade de reuniões como esta, entre outros.

 

 

Leia Também