Recursos minerais e desenvolvimento foi o tema da 13º edição do Painéis da Engenharia

12/12/2019 às 14h15

Com a proposta de trazer mais um grande evento voltado a debater os assuntos de interesse da categoria e da sociedade, evento realizado pelo SENGE também marcou a celebração do Sindicato pelo Dia do Engenheiro.

 


O vídeo com a íntegra do 13º Paínéis da Engenharia já está disponível na TV SENGE.

Assista: 


Com o objetivo de discutir recursos minerais e o desenvolvimento do Rio Grande do Sul o SENGE realizou na tarde dessa quarta-feira (11) a 13ª edição do Painéis da Engenharia, evento reuniu profissionais e pesquisadores da área para apresentar cenários e tendências mundiais relativas à exploração de recursos minerais a partir de novas perspectivas para uma avaliação integrada de oportunidades e impactos. A atividade ocorreu no Auditório do SENGE e também marcou a celebração do Sindicato pelo Dia do Engenheiro, celebrado em 11 de dezembro.

Na abertura do evento, o presidente do Sindicato fez um agradecimento especial ao público presente e aos palestrantes e falou sobre a importância da data para o SENGE, reforçando o compromisso do Sindicato em buscar constantemente a valorização dos profissionais e o reconhecimento por meio de iniciativas como a realização deste evento, que se propõe a levar à sociedade o conhecimento técnico sobre os assuntos fundamentais para o desenvolvimento.

Em seguida, o presidente da Companhia Riograndense de Mineração (CRM), Melvis Barrios Jr, comentou sobre empreendimentos de mineração em cidades do Rio Grande do Sul e o que existe em termos de parâmetros em países como o Canadá e Alemanha. Segundo ele mesmo a no país alemão quase 40% da energia é gerada a partir de termoelétricas; nos EUA, 25%.

A programação do evento prosseguiu com a apresentação do primeiro painel com o tema Mapeamento de Recursos Minerais e Oportunidades para o Desenvolvimento do Estado do Rio Grande do Sul, mediado pelo engenheiro Luiz Inácio Gré. Primeiro palestrante, o geólogo Jorge Henrique Laux, que é supervisor da Gerência de Geologia e Recursos Minerais da Superintendência de Porto Alegre – CPRM, falou sobre Mapeamento do Potencial dos Recursos Minerais do Estado do Rio Grande do Sul. Na sequência, a geóloga e pesquisadora na Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais- Serviço Geológico do Brasil/ Superintendência de Porto Alegre – CPRM, Magda Bergmann apresentou case de utilização de agrominerais dos terrenos basálticos no Rio Grande do Sul.

Planejamento e aspectos socioeconômicos, ambientais, jurídicos e de soberania nacional foi o tema do painel 2, que teve mediação da engenheira Nanci Benigni Giugno, diretora do SENGE.

O painel trouxe palestras do advogado especialista em direito ambiental Alexandre Burmann, que falou sobre implicações jurídicas ambientais e de soberania nacional, e com o engenheiro químico Renato das Chagas e Silva, diretor técnico da Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luis Roessler (FEPAM). No encerramento do evento, os palestrantes responderam dúvidas do público presente. 


Presidente gestão 2018/2020 do Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica do Lago Guaíba, Adriano Skrebsky Reinheimer, e seu vice, Valery Pugatch, participaram do evento

 

Leia Também