PROFISSIONAIS DA EMATER APROVAM CONTRAPROPOSTA DO SESCON

Em Assembleia Geral dos profissionais da EMATER realizada nesta sexta-feira (15) no SENGE, a categoria aprovou por ampla maioria de votos a contraproposta apresentada pelo SESCON para a Convenção Coletiva 2015-2016.
A proposta havia sido rejeitada na Assembleia anterior ocorrida em 23 de março, em função do entendimento dos presentes de que com a redação dada na cláusula de reajuste, havia riscos em consolidar uma aceitação, pelo Sindicato de, em situações normais, receber índices de recomposição abaixo do INPC. Com a Súmula 277, tal situação poderia significar um novo patamar para futuras negociações onde teríamos dificuldades em negociar índices maiores do que o INPC, implicando inclusive dificuldades em eventuais ajuizamentos de dissídios.

Esta situação foi levada ao SESCON em reunião ocorrida no dia 05 de abril, onde a diretoria do SENGE explicitou tal entendimento e o Governo firmou compromisso, registrado em ata, de que a diferença do INPC deste período será objeto de negociação futura.

Diante deste novo quadro, onde o entendimento do Governo à respeito desta matéria está explicitado, onde o Sindicato entende ter resguardado o interesse da categoria em não renunciar à nenhum direito, e que se trata de situação excepcional nesta data base de 01 de junho de 2015, e ainda considerando a solicitação de inúmeros engenheiros da ASCAR/EMATER para aprofundar e debater a situação criada com a rejeição anterior, a Assembleia foi convocada e, após ouvir os presentes, foram colocadas em votação duas propostas: primeiro, a manutenção da rejeição ocorrida na Assembleia anterior ou, a aprovação da proposta anterior, com o mesmo índice de reajuste, porém agregada da ata que representa o compromisso do Governo em voltar a negociar a diferença do INPC. A segunda proposta foi aprovada por ampla maioria dos presentes, com 1 (um) voto contrário e 6 (seis) abstenções.

A decisão será informada na manhã de segunda-feira (18) através de ofício à EMATER e ao SESCON.

Leia Também