Voto
NOTA DE REPÚDIO: CONTRA O PROJETO DE LEI QUE QUER ACABAR COM A LEI DO SALÁRIO MINIMO DO ENGENHEIRO - 13/06/2019 - 00h00

NOTA DE REPÚDIO: CONTRA O PROJETO DE LEI QUE QUER ACABAR COM A LEI DO SALÁRIO MINIMO DO ENGENHEIRO


O Sindicato dos Engenheiros no Rio Grande do Sul manifesta profunda indignação e contrariedade ao Projeto de Lei 3451/2019 de autoria do deputado Ubiratan Sanderson (PSL/RS), protocolado na Câmara Federal nesta quarta-feira (12) que tenta acabar com a Lei 4950A/66 que há mais de 50 anos estabelece o Salário Mínimo Profissional do Engenheiro.

Além de atentar contra esta conquista histórica, a partir da qual convergem todas as ações em favor da valorização profissional perpetradas ao longo de décadas, a medida busca de maneira clara provocar novo golpe no Movimento Sindical com objetivos evidentemente políticos, em dissonância com os desafios do desenvolvimento.

O SENGE, em sintonia com a Federação Nacional dos Engenheiros e demais Sindicatos de todo o País, já está mobilizado contra esta nova arbitrariedade. Já na próxima segunda-feira (17), estaremos reunidos em São Paulo, alinhando ações conjuntas visando ampliar a oposição ao PL.

Da mesma forma, junto ao Congresso Nacional, defenderemos nossa posição na Frente Parlamentar Mista da Engenharia, Infraestrutura e Desenvolvimento Nacional, instância legislativa na qual o Sindicato dos Engenheiros encontra sempre, de maneira plural e democrática, canal de articulação para seu trabalho em favor dos profissionais representados e da sociedade brasileira.